Raios: os cuidados para evitar acidentes

Galeria de fotos
março 19, 2020

Raios: os cuidados para evitar acidentes

A Bicho do Mato faz uma alerta sobre as descargas elétricas durante o período chuvoso em Minas Gerais, que vai até abril. Nessa época, a nossa equipe deve redobrar os cuidados com a segurança, principalmente durante as pancadas de chuva no verão.

Confira mais cuidados em tempestades e raios

Para evitar acidentes com relâmpagos as seguintes regras de proteção pessoal, listadas abaixo, devem ser seguidas:

  1. Se possível, não saia para a rua ou não permaneça na rua durante as tempestades, a não ser que seja absolutamente necessário. Nestes casos, procure abrigo nos seguintes lugares:
  • Carros não conversíveis, ônibus ou outros veículos metálicos não conversíveis;
  • Em moradias ou prédios, de preferência que possuam proteção contra raios;
  • Em abrigos subterrâneos, tais como metrôs ou túneis, em grandes construções com estruturas metálicas, ou em barcos ou navios metálicos fechados.
    2. Se estiver dentro de casa, evite:
  • Usar telefone com fio ou celular ligado a rede elétrica (utilize telefones sem fio);
  • Ficar próximo de tomadas e canos, janelas e portas metálicas;
  • Tocar em qualquer equipamento elétrico ligado a rede elétrica.
    3. Se estiver na rua, evite:
  • Segurar objetos metálicos longos, tais como varas de pesca e tripés;
  • Empinar pipas e aeromodelos com fio;
  • Andar a cavalo;
    4. Se possível, evite os seguintes lugares que possam oferecer pouca ou nenhuma proteção contra raios:
    • Pequenas construções não protegidas, tais como celeiros, tendas ou barracos;
    • Veículos sem capota, tais como tratores, motocicletas ou bicicletas;
    • Estacionar próximo a árvores ou linhas de energia elétrica.
      5. Se possível, evite também certos locais que são extremamente perigosos durante uma tempestade, tais como:
    • Topos de morros ou cordilheiras;
    • Topos de prédios;
    • Áreas abertas, campos de futebol ou golfe;
    • Estacionamentos abertos e quadras de tênis;
    • Proximidade de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos;
    • Proximidade de árvores isoladas;
    • Estruturas altas, tais como torres, linhas telefônicas e linhas de energia elétrica.
      6. Se você estiver em um local sem um abrigo próximo e sentir que seus pêlos estão arrepiados, ou que sua pele começou a coçar, fique atento, já que isto pode indicar a proximidade de um raio que está prestes a cair. Neste caso, ajoelhe-se e curve-se para frente, colocando suas mãos nos joelhos e sua cabeça entre eles. Não fique deitado.

    Fonte: www.inpe.br, g1.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMUNICADO COVID-19

Prezados Senhores(as),